BREVEMENTE DISPONÍVEL

Informação ainda não disponível.Preencheremos esta informação o mais breve que possível.

Obrigado.

Recuperar password

ESQUECEU A SUA PASSWORD?
Se esqueceu a sua PASSWORD, indique o seu USERNAME ou o seu EMAIL e enviar-lhe-emos um email com os dados de acesso.

Usename / email

Recuperar

ERRO NA RECUPERAÇÃO
DE PALAVRA-PASSE

O e-mail introduzido está incorreto, ou não existe na nossa base de dados.
Voltar a tentar

ERRO NA RECUPERAÇÃO
DE PALAVRA-PASSE

Por favor, introduza um endereço de e-mail.
Voltar a tentar

RECUPERAÇÃO DE PALAVRA-PASSE

A sua palavra-passe foi recuperada com sucesso, verifique o seu e-mail.

Dados de acesso inválidos

O e-mail e/ou palavra-passe introduzidos não estão corretos.

FALE CONNOSCO

Por favor preencha todos os campos.

FALE CONNOSCO

Obrigado pela sua mensagem!

ERRO NA SUBSCRIÇÃO
DE NEWSLETTER

O campo é de preenchimento obrigatório.

Por favor, insira um endereço de email válido. Obrigado.

ERRO NA SUBSCRIÇÃO
DE NEWSLETTER

O email que introduziu é inválido.

Por favor, insira um endereço de email válido. Obrigado.

ERRO NA SUBSCRIÇÃO
DE NEWSLETTER

O email que introduziu já foi registado.

Por favor, insira outro endereço de email. Obrigado.

SUBSCRIÇÃO DE NEWSLETTER

O seu email foi registado com sucesso! Obrigado por subscrever gratuitamente a nossa newsletter!

A partir deste momento, irá receber no email registado todas as nossas novidades, de serviços e produtos, promoções e dicas!

Esteja atento ao seu email!

O nosso ideal: ajudar o próximo...
Seja solidário e ajude quem mais precisa...
FAÇA O SEU DONATIVO AQUI!
Frei Fabiano de Cristo
BIOGRAFIA DO FREI FABIANO
(1676 - 1747)
 
Em 8 de Fevereiro de 1676, no lugar de Soengas, freguesia de Portela do Couto, concelho de Vieira do Minho, nasce João Barbosa, filho de Gervásio Barbosa e de Senhorinha Gonçalves.
 
Pouco se sabe sobre os anos de infância e adolescência de João. Apenas que, sendo uma família pobre, era ele o pastor do pequeno rebanho de ovelhas do pai. Mais tarde, vai viver para a cidade do Porto, onde se estabelece comercialmente.
 
Com a febre do ouro no Brasil, decide arriscar a vida nessa colónia, com a esperança de em pouco tempo se tornar rico e voltar para Portugal.
 
Assim, meses depois, desembarca no Rio de Janeiro, seguindo logo para a região de Minas Gerais, onde adquiriu uma grande fortuna. Acaba por se mudar para Parati, na região do Rio de Janeiro, onde se volta a estabelecer. 
Em meados de 1704 decide entrar para a Ordem Franciscana, fundada por S. Francisco de Assis. Para tal, faz doação de todos os seus consideráveis bens, dividindo-os em 3 partes iguais: para a família em Soengas, para instituições sociais e para os mais necessitados. Sentindo-se livre, apresenta-se na porta do Convento de S. Bernardino de Sena, em Angra dos Reis, onde, em 11 de Novembro de 1704, toma o hábito de franciscano e muda o nome para Fabiano de Cristo.
 
Em fins de 1705, é transferido para o Convento de Santo António, no Rio de Janeiro, com as funções de porteiro. Aliás, na Ordem Franciscana era uma função muito importante, pois estava prescrito que só devia ser entregue a frades muito prudentes, de confiança e virtuosos, e que estivessem há mais de 15 anos na Ordem. Portanto, a nomeação de Frei Fabiano de Cristo, era um reconhecimento à sua virtude e confiança, pois tinha entrado para a Ordem só há dois anos. 
Apesar do bom trabalho exercido por Frei Fabiano na portaria, por volta de 1708, os seus superiores pediram-lhe que tomasse conta da enfermaria. Embora não tivesse uma preparação especial para esta função, a caridade, boa vontade, e esforço pessoal substituíram as suas deficiências. 
 
Praticamente vivia com os doentes. Durante muito tempo nem sequer teve um quarto próprio, pois contentava-se em dormir em qualquer sítio na enfermaria, a fim de poder estar com os doentes dia e noite, não fossem eles precisar da sua assistência. Só mais tarde aceitou ter um quarto, mas só se fosse mesmo ao pé da enfermaria. 
Durante perto de 38 anos, praticou a caridade com os doentes, apesar de ter chagas provocadas pela erisipela nas duas pernas. Segundo reza a história, nunca se lhe ouviu uma queixa nem qualquer atitude de revolta, apesar de naquela época não haver nenhum remédio que combatesse a dor ou a inflamação. 
 
Prevendo que ia morrer daí a três dias, avisou os outros frades do que se ia passar e, efetivamente, cumprindo-se a sua profecia, no dia 17 de Outubro de 1747, contando 71 anos de idade, morre Frei Fabiano de Cristo.
 
 
 
 
 
ASSOCIAÇÃO FREI FABIANO DE CRISTO © Todos os direitos reservados | Política de Privacidade
Site by omsite.com